Arquivos para maio, 2011

Circuito de Vivências em Educação Matemática

Caros sócios e demais interessados,

No próximo dia 28/05/2011 realizaremos mais um Circuito de Vivências em Educação Matemática.Desta vez será na EC 512 de Samambaia, conforme vocês podem conferir na programação OFICINAS DO DIA.
Participe e ajude-nos na divulgação.

V EBREM

Estão abertas as inscrições para o V Encontro Brasiliense de Educação Matemática – V EBREM – que já podem ser feitas no site da SBEM-DF, www.sbemdf.com, clicando sobre o cartaz ou diretamente no site www.sbemdf.com/vebrem. As inscrições de trabalhos também estão abertas até o dia 30/06/2011.
O pagamento poderá ser feito pelo “Pag Seguro” que é um sistema confiável de pagamento online que dá a opção de pagar por meio de débito em conta em alguns bancos, cartão de crédito e boleto bancário.
Vamos lá e inscreva-se! Apresente trabalhos!! E ajude-nos na divulgação do V EBREM.


Hoje é o dia da Matemática

“O dia 06 de maio foi a data escolhida pela Sociedade Brasileira de Educação Matemática – SBEM para comemorar o Dia Nacional da Matemática. Esta data não foi escolhida por acaso. Trata-se do aniversário de Malba Tahan, pseudônimo de Júlio César de Mello e Souza, hoje reconhecido com um dos precursores da discussão sobre a necessidade de humanizar o processo de aprendizagem e ensino da matemática…” Veja o texto completo da Erondina Barbosa  da Silva e outras atividades propostas no Círculo de Vivências em Educação Matemática da SBEM DF, no site da SBEM DF.

A Corrida das frações

Este video explica a CORRIDA DAS FRAÇÕES e como utilizá-la em sala de aula

Materiais Manipuláveis

Clique no nome do material manipulável e veja como utilizá-lo:

Material Dourado

Tangram

Barrinhas de Cuisinaire

Blocos Lógicos

Ábaco

Uso do Ábaco em Sala de Aula – Imenes

Registros nas Situações-problema

Desde que a Educação Matemática começou a fazer refletir o ensinar e aprender a matemática, muitos desafios vem aparecendo no meio do caminho… Por exemplo, no trabalho com as situações-problema as várias maneiras e estratégias desenvolvidas pelos estudantes para resolvê-las são, em geral, compartilhadas e discutidas em classe. Mas, como fazer para garantir e principalmente, verificar se toda a turma está consciente dessas estratégias, como está ficando para cada estudante toda esta socialização. E, pensando nisso, uma atividade bastante eficaz é pedir aos alunos que registrem, ao lado da sua resolução, coisas, do tipo: “outra maneira de resolver é … “, “não multipliquei corretamente”, “esqueci de tirar o mmc para somar as frações com denominadores diferentes”, etc. São inúmeras as possibilidades de registros e percepções de cada estudante, deixando em seu caderno suas próprias impressões, conclusões e lembretes, tornando seu caderno um espaço de auto reflexão que com certeza o ajudará em sua aprendizagem. O que vocês acham disso? Alguém teria algum exemplo deste procedimento?

Assinar Blog

Digite seu endereço de email para assinar este blog e receber notificações de novos posts por email.

Junte-se a 356 outros assinantes

Enquete

Você gosta de matemática?

Ver resultados

Carregando ... Carregando ...